terça-feira, 21 de julho de 2009

+ que isso

Sente a sanha

Do cansaço

Sente o baço

Que dói

Quando corre

Dói

Quando cai

Mente pr’esta lanha

Se a intanha

Abocanha

Presa

A manha

Se corrói

Rói

Espalha

Espanha

Espanca

Porque desperta

De um longe

Perto

Aperta

O REW

Volta

Pros versos

Que não me lembro

+

sábado, 11 de julho de 2009

Iluminar

Eu quero ver passar

O azul do céu no azul

Do teu olhar

Eu quero ver passar

O sol

Raiar

No amanhecer

Do teu viver

Quero rever

O sol raiar

Queimar

Clarear

Nos aquecer

Do frio que fez

Você sair

Sem ter porque

Eu quero ver

Você

voltar

Sentir

Sonhar

Que a vida

Pode surpreender

É só querer

Querer chegar

A algum lugar

Se iluminar

Não importa os caminhos

O que importa é seguir

É melhor pensar nos sins

Do que dar razão aos nãos

Já é tempo de se erguer

E não deixar para trás

A vida que forte bate

Dentro do coração

Eu sempre acreditei

Ser capaz

Mas vejo que você

É bem mais

Eu quero isso pra mim

Quero sim

Viver

Feliz

Você

Me traz

Amor e mais, bem mais

sexta-feira, 3 de julho de 2009

O porquê de tudo

Porque se eu grito
É pra dizer que tenho voz
Porque se eu peço
É pra mostrar o meu caráter
Porque se eu choro
É pra te dar a minha água
Porque se eu caio
É pra sentir que tenho chão
Porque se eu quero
É pra não mais lidar com não
Se eu afirmo
Me comprometo com a verdade
Se definho
Jogo fora a vaidade
Quando digo
Sinto embora ir
Piedade
Eu suplico
Porque se só fico
É vitória da saudade
Eu bati o coração
Trombei o meu com o seu
Eu não tinha seguro
To pagando o prejuízo
Porque se eu faço
É pra provar “quinda” te amo
Se eu minto
É pra tentar te convencer
Porque se eu amo
É pra provar que tenho alma e miséria