sexta-feira, 19 de março de 2010

Busco a esquina
Vejo a venda
Não
Não me apavora mais

quinta-feira, 11 de março de 2010

. final

Sempre quando jogo sujo
Eu uso
E depois descarto
Eu não limpo
Desinfeto
Eu
Dejeto escreto
Suo o que há de pior em mim
Eu que escrevo
O que a boca suja
Fala
Ela declara
Um palavrão
Sempre quando jogo sujo
Uso
E antes porém
Fujo
Pra não ter que ver
Sinto a porta aberta
Sinto a ronda a espreita
Sinto
Depois me ignoro
Assim como quem põe um ponto
E final
.