quarta-feira, 14 de março de 2012

Passa

Como mais?
Quantas vezes mais?
Como paz?
Se o que mais faz é lutar
Por dentro sozinho
Por fora somente
Por vezes silêncio
Não se pode dizer
Enquanto espero que essa coisa cesse
Não penso direito
Não sei mais fazer
Só peso o que perco
Não sei quanto ganho
Mas como eu posso dizer?
Como mais?
Quantas vezes mais?
Como faz?
Se o que me apazígua é fazer
Tem hora que o tempo parece engraçado
Tem dia que a hora parece correr
Mas tenho sentido uma corrida inversa
O tempo parece perder
Curioso estar cedo em mim mesmo
Certamente me atrasei pra sair
Se é hora, não sei
Se melhora
Se passa
Passou