terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Comecei em você e terminei em mim

Hoje eu vi sua foto
Perna
Peitos
Pelos
Vi no espelho
Que seus óculos
Agora eram
Um mar lindo
A te afrontar
Eu te perdi
Melhor
Ao menos o ganhei
Apenas te achei
Procurando me apaixonar
Soltar o freio
E me entregar
Pra uma paixão
E foi doída
Doida
Sem nenhuma noção
Vi teu corpo branco
Que tanto
Desejei
Eu vi que alegre estava
E eu chorava
Sem saber porque
Agora eu olho
Eu me ignoro
Pois meu rumo
Mudou
Você passou
Por mim
Passou
Eu passei por mim
Me rompi
Pensando que o amor libertava
Se ele quisesse
Ele era bem capaz
Mas enfim
Eu sei que tudo isso que falo
É mais um efeito do abalo
Em que estou
Por não saber o que fazer