domingo, 23 de fevereiro de 2014

Essa falta muda tudo

Se quer saber se eu sinto a sua falta
Eu sinto muito em senti-la tão em mim
Tem cores cruas habitando meus sentidos
Tem dias frios nesse verão, Rio, fevereiro
Comigo mesmo que eu me encerro todo dia
Comigo sempre eu aprendi a me virar
Mas quando o assunto vira e mexe me devora
E impossível fica mesmo não pensar
Quando a distância me inspira a te escrever
É que eu percebo muito mais o amor em mim
Não que pra gente isso fosse um segredo
Mas essa falta muda tudo
Essa falta muda tudo
Essa falta muda tudo
E eu emudeço, mudo tudo
Mudo tudo
Tudo mudo nesse coração